27.01.2012

A tua história de vida sempre me ensinou que não existem impossiveis. Mas a verdade, é que existe uma certa "mania" em estabelece-los, chamamo-lhes de limites. A verdade, é que, com o passar dos anos, eu tornei-me numa perita nisso mesmo, em traçar limites. Assim, nunca fui pessoa de traçar metas objectivos, fiquei-me sempre pelas limitações, de dizer "Isto não é para mim." Mas tudo isso vai ter de acabar. Porque não tornar o impossivel em possivel? Agora até se fala muito nos estudos sobre a felicidade, e a verdade é que todos dizem o mesmo. Grande parte do que contribui para a felicidade, vêm da genética e, isso, não vai mudar, nunca. O facto reside na segunda maior parte, ou seja, naquela que depende de nós, da nossa personalidade e do nosso estado de espirito. Ora, não é a calcular impossiveis e argumentar limites que se consegue fazer algo, portanto passaremos a ser optimistas, a guiarmo-nos também pelos sonhos, porque podem sempre se tornar realidade, esta é a solução. Isso não significa que agora voltarei à pessoa sonhadora que um dia fui, mas que os meus objectivos passarão a ser os mesmos que os meus sonhos ditarem, e tudo isto, implica luta. Assim sendo, tornar-me-ei numa lutadora.

publicado por aquela às 15:04 | link do post