16.02.2015

Num momento apercebi-me que estava a fazer tudo errado. Não sou quem gostaria de ser. Não vivo a vida que realmente quero. Não tenho quem quero mesmo ter. E agora? Agora, depois de tantas lágrimas derramadas, depois de 2 anos e meio de tantas promessas, concluo que nada disto é o que quero? Quem sou eu afinal? Serei uma daquelas pessoas que tanto critiquei? Será isto só um mau bocado? E o que faço? Finjo que está tudo bem ou acarabei aquilo que um dia disse que gostava que seria para sempre?

publicado por aquela às 02:17 | link do post