24.02.2012

"Provavelmente te perguntarás o porquê disto, o porquê de gastar tempo com isto, mas peço-te que leias, pode ser que aprendas alguma coisa. Sei que esta não é a melhor maneira de começar tudo isto, mas sei que contigo tinha de ser assim. Aprendi que és demasiado imaturo para veres o mundo como um homenzinho, e bem que já tens idade para sê-lo.

Quando era pequenina ensinaram-me  a perseguir a minha felicidade, mas sempre respeitando os outros. Sempre me disseram que nunca se deve passar por cima de ninguém e muito menos usá-los para conseguir o que queria. Pois acho que a ti não te devem ter ensinado isto, ou, se ensinaram, não quiseste ouvir. A verdade é que me usas-te. Sim, usas-te. Não me venhas agora dizer que fizeste questão de "esclarecer", porque o que esclareces-te não foi que usas as pessoas. O que esclareces-te também eu queria vê-lo esclarecido, porque estava para o mesmo, pensava eu que seria o mesmo. Como me enganei! Foste apenas egoísta, só foste até onde te dava jeito, até onde era o teu objectivo limitado, depois te limitas-te a fugir com o "rabinho entre as pernas", como se diz por aí. É sempre mais fácil assim, não é? Quando as coisas chegam onde queres, dás meia volta e sais? Por acaso alguma vez te lembras-te que alguém fica para trás? Não, isso já deve ser pedir demais da tua parte.

Com isto não te peço que voltes atrás, nada disso. Só quero que percebas o porquê das coisas não te correrem bem. És demasiado egoísta, e isso fará com que chegues ao limite das consequências. Pensa no que "esclareces" e pensa para além do teu objectivo limitado. Cresce! Torna-te num homenzinho e mostra que te preocupas com os outros, isso não te faz mal, garanto-te, apenas te tornará numa pessoa mais realizada, porque não te esqueças que são os outros que te permitem a tua felicidade." 

publicado por aquela às 16:41 | link do post | comentar