19.03.2012

Hoje, não seria bem o teu dia, mas não deixavas de ser pai e por isso quero deixar o meu tributo a ti. Queria te dizer tanto, mas as palavras não são expressivas o suficiente, e foste tu que me ensinas-te que as palavras não são tudo. Ensinas-te-me que o que vai em nós, o que fica no mais profundo pensamento é o que interessa, é o que nos define, é o que nos torna seres humanos.

No fundo, sei que sabes o que te queria dizer, sabes que me fazes falta, sabes que tenho o maior orgulho em ti, sabes que o que sou é por ti. Mas talvez nunca o disse vezes suficientes, e dizer o quando te admiro nunca é demais. Obrigado por fazeres de mim uma pessoa melhor, obrigado pela força para lutar, obrigado por um dia te ter conhecido, porque assim cheguei a conhecer o meu heroí.

Amo-te avô, ou melhor, é mais do que isso. 

publicado por aquela às 21:39 | link do post